segunda-feira, 14 de janeiro de 2008

O Ócio


Até agora minhas férias tinham sido de muitos momentos de agitação, muita correria... festas e mais festas. Agora estou a uma semana no ócio... aquele tempo reservado para fazer nada, e eu tenho levado isso ao pé da letra, talvez isso já esteja me incomodando. Quando sobra muito tempo, a cabeça funciona demais... e datalhe, maquina-se de tudo.Ai começei a pensar em mil coisas, e queria escrever sobre as mil coisas... risos... Sobre amores, tenham sido eles bem ou mal resolvido, sobre amigos, e quanto a esses, existe muito pra escrever. Mas voltando ... risos... quando sobra muito tempo, começamos a pensar nos amores mal resolvidos, nas amizades dissolvidas, é dom do ser humano... complicar. Começamos a achar que tudo está errado, que nada vai mudar, que todos os dias é tudo do mesmo jeito. Hoje fui a prova perfeita que cabeça vazia é oficina do ..., melhor nem escrever. Nem sei porque escrevi tudo isso, mas escrevo pra mim, para esvaziar de mim. Conheçendo melhor meus incomodos posso tentar mudar o rumo. E ja estou decidida amanhã mudar o rumo... o tal do ócio é perigoso demais quando mal aproveitado.

5 comentários:

Isadora Araújo disse...

Que bom que você conseguiu levar esse "fazer nada" ao pé da letra...

Nas férias, eu sempre tento e não consigo nunca! ^^

César Fernández disse...

'cabeça ociosa é a oficina do diabo' :P

trate logo de mudar isso mesmo ^^

mercuriusduplex disse...

Não fazer nada também estressa mas o ócio representa muito para o aspecto criativo nas artes em geral.
He,he,he...

BLOGDOED disse...

"Que prazer
não cumprir um dever
ter um livro pra ler
E não fazer..."
FERNANDO PESSOA

E que sou eu pra ir contra o Fernando Pessoa?????????????



kkkkkkkkkk

Willyan Vinícius Cordeiro disse...

Hheuee
Pelo menos nesses momentos de ócio vc pode escrever aqui no blog seus pensamentos!! Mto bomm!!
Confere o meu lá depois!!

Abraçoos